História da Diocese de Paranavaí

Aos 20 de janeiro de 1968, pela Bula Pontifícia “A nova Diocese contava com 560.000 habitantes, numa área de 8.699,60Km2, limitando-se com as Dioceses de Maringá-PR, Presidente Prudente-SP, Umuarama-PR e Dourados-MS, entre os rios Paranapanema, Paraná e Ivaí. Contava ainda com 23 Municípios e 15 Paróquias. As dificuldades nos níveis: econômico, com recursos escassos, dificultando as instalações conforme decreto de execução da Bula; social, com o êxodo da população; eclesial com a flutuação e carência de clero, não se tornaram obstáculo para que a Diocese caminhasse, em meio às vicissitudes alegres e dolorosas, impulsionada pela Ação do Espírito e acreditando, como Maria: “Feliz aquela que acreditou…” (Lc 1,45).

Inspirada pelas decisões da Conferência de Aparecida, a Diocese renova a esperança de percorrer o caminho da conversão pastoral, privilegiando: 1. as pequenas comunidades e grupos de reflexão, 2. a pastoral de missão, 3. uma eclesiologia de comunhão, a exemplo das primeiras comunidades cristãs, unidas na oração, na fé e na caridade, 4. a renovação das estruturas eclesiais.

Amparada pela presença da Mãe de Jesus, a primeira evangelizadora, nossa Igreja torne-se sempre mais DISCÍPULA MISSIONÁRIA de Jesus Cristo: “Caminho, Verdade e Vida”. Amém.

Compartilhe esta publicação
Top