27 JAN 2016

“Vence a diferença e conquista a paz”

foi o tema escolhido pelo Papa Francisco para o 49º Dia Mundial da Paz, celebrado no último dia 1º de janeiro de 2016.

Esta será a 49ª vez em que a data é celebrada em todo o mundo Image title

Em comunicado, o Pontifício Conselho da Justiça e da Paz explicou que a indiferença em relação às chagas dos tempos atuais é uma das principais causas da falta de paz no mundo. Trata-se de uma atitude que, muitas vezes, está ligada a diversas formas de individualismo que produzem isolamento, ignorância e egoísmo.

O Vaticano destaca ainda que a paz deve ser conquistada, pois não é um bem que se obtém sem esforços. É preciso, então, sensibilizar e formar as pessoas sobre a responsabilidade com relação às graves questões que atingem a família humana, como fundamentalismos e perseguições por causa da fé e da etnia.

“A paz é possível ali onde o direito de cada ser humano é reconhecido e respeitado, segundo a liberdade e a justiça. A mensagem de 2016 quer ser um instrumento do qual partir para que todos os homens de boa vontade, em particular aqueles que trabalham na educação, na cultura e na mídia ajam segundo as próprias possibilidades e suas melhores aspirações para construir juntos um mundo mais consciente e misericordioso e, portanto, mais livre e justo.”

Image title


O Dia Mundial da Paz foi instituído pelo Papa Paulo VI e é celebrado todos os anos em 1º de janeiro. A mensagem do Papa é enviada às chancelarias de todo o mundo e traça também as linhas diplomáticas da Santa Sé para o ano que se inicia.

Compartilhe esta publicação