02 OUT 2017

Setembro: Mês da Bíblia

“Desconhecer a Sagrada Escritura é desconhecer a Jesus Cristo”
(São Jerônimo)


Cristo é a Palavra encarnada. Toda a Bíblia fala da Salvação, mas só em Cristo essa esperança se fez carne. “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava junto de Deus e Verbo era Deus. E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos sua glória, a glória que o Filho único recebe do seu Pai, cheio de graça e de verdade”. Jo 1, 1; 14.

O termo “Bíblia” vem da expressão grega ta bíblia: “os livros”, portanto, trata-se não de único livro, mas de uma biblioteca, que nos traz a ação de Deus na humanidade. Ele (Deus) que se manifesta a seu povo.

A Bíblia católica é composta de 73 livros, sendo 46 do AT e 27 do NT.

A diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante são os livros do Antigo Testamento.

Os católicos usam a versão grega dos Setenta e os protestantes usam a versão hebraica do II século a.C.

Tal lista tem uma diferença de sete livros, que são: Tobias, Judite, 1 e 2 Macabeus, Sabedoria, Eclesiástico e Baruc, que estão na Bíblia Católica e não na Protestante.

Para estudarmos a Bíblia temos que levar em conta vários critérios:

  • Contexto histórico onde o texto foi escrito
  • Destinatário para quem o texto foi escrito
  • Mensagem o que o texto está dizendo Somando a isto temos a questão da tradução. Os textos originais foram escritos em uma língua e nós lemos estes textos em língua totalmente diferente. O tradutor tem que trazer da língua original para o português e vários momentos contêm palavras que não têm como traduzir ao pé da letra para a nossa língua.

Faz-se necessário preencher várias lacunas segundo os parâmetros já mencionados.

Para ler a Bíblia temos que não só olha-la com o conhecimento humano, e extremamente necessário, mas principalmente olharmos com os olhos da fé.

Para conhecê-la, o primeiro passo é ter um exemplar da Bíblia, não só para deixa-la na estante como enfeite, mas para realmente abri-la e lê-la.

A Igreja nos proporciona momentos especiais como: Círculos Bíblicos, Leitura Orante, Cursos de Teologia para leigos, Semana Teológica, Meditação do Evangelho do dia nas rádios, e por excelência, nas Celebrações Eucarísticas.

Busquemos a Palavra, amando-a e procurando encarná-la em nossa vida, pois ela é luz para guiar nossos passos.


PADRE SÍLVIO CESAR PEREIRA
Administrador Diocesano

Compartilhe esta publicação
Nossas redes sociais
Top